Banner Notícias

Notícias

O uso de esferas esfoliantes biodegradáveis em cosméticos e seus benefícios para a pele e para o meio ambiente

linkedin
compartilhe no Linkedin

Cada vez mais o conceito de Clean Beauty vem ganhando força no mercado cosmético. As grandes marcas estão se concentrando em oferecer ao mercado produtos mais naturais, de origem vegetal e produção sustentável, atuando com transparência em sua comunicação com os consumidores.

Estudos apontam que a tendência vai, em breve, dominar o setor de beleza e os produtos de origem natural ocuparão mais espaço nas prateleiras.

Já começamos a perceber esse movimento no mercado. Um exemplo disso é o projeto para eliminar o uso de microesferas plásticas em produtos cosméticos organizado pela ABIHPEC (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos). No projeto, fabricantes do setor assumiram um compromisso para encontrar soluções inovadoras e mais naturais para seus produtos.

As microesferas plásticas podem ser encontradas em esfoliantes, pasta de dentes, sabonetes, entre outros, e seus compostos são altamente poluentes e podem contaminar mares, rios e lagos, podendo prejudicar também a vida marinha.

Então, como podemos substituir as microesferas plásticas?

Opções de produtos biodegradáveis, menos tóxicos para o meio ambiente e com rápido processo de decomposição são apontados como caminhos possíveis. Além de serem mais amigáveis com o meio ambiente e diminuírem a contaminação da natureza, os cosméticos esfoliantes compostos por esferas mais biodegradáveis proporcionam alta performance, segurança de uso e não agridem a pele.

As esferas esfoliantes podem ter diferentes tamanhos em granulometrias, isto é, diversas dimensões dos grãos. Cada formato de esfera confere características e benefícios distintos em cada aplicação. Confira a seguir as principais diferenças entre elas:

As esferas recheadas são projetadas para proporcionarem maciez e suavidade na pele com facilidade e possuem a característica de englobar os ingredientes ativos dentro de uma matriz de cera, podendo ser utilizada como veículo para ativos ou reduzir a interação entre os ingredientes da fórmula. Ao entrarem em contato com a pele, estas esferas se rompem e liberam seus ativos hidratantes na pele.

A tecnologia de encapsulamento das esferas recheadas oferece ativos, como por exemplo vitamina E, vitamina B3 (niacinamida), ácido salicílico, carvão ativado, entre outros componentes, proporcionando maior estabilidade e fácil aplicação.  Em seu processo de fabricação, o produto é disperso e protegido dentro de esferas de cera mais rígidas, evitando a ruptura e reduzindo alguns tipos de interações com ingredientes da formulação.

Para garantir que as esferas esfoliantes se tornem menos rígidas depois deste processo, é necessária uma composição de aproximadamente 50% de teor de água na formulação (em casos em que a concentração é menor, recomenda-se a pré-imersão para diminuição da rigidez). Após atingir a sua hidratação máxima, as esferas permanecem estáveis por até 2 anos e sua ruptura somente será possível com a fricção mecânica durante a aplicação do produto na pele do consumidor.

  

Já as esferas convencionais são padronizadas em formato livre de arestas e proporcionam sensorial leve na pele, diferentemente de outros tipos de esferas que se apresentam mais agressivas ao toque. As esferas convencionais podem ser usadas em uma ampla gama de aplicações, incluindo emulsões, géis, loções e cremes. Ambos os tipos de esferas, recheadas e convencionais, conferem alta estabilidade às formulações e possuem seu formato padronizado, além disso, as matérias-primas seguem o mais alto controle de qualidade e garantem segurança para o uso.

Dado este cenário de tendências do setor de beleza e alinhado ao driver sustentabilidade, as empresas estão adaptando suas formulações para produtos mais sustentáveis e a quantiQ pode ser um grande parceiro para atender a essa necessidade. A distribuidora oferece em seu portfólio matérias-primas para desenvolvimento de cosméticos mais naturais e orgânicos, como as esferas esfoliantes da representada Cirebelle, fabricante líder reconhecida no setor de Personal Care.

Os produtos são livres de conservantes, atóxicos e possuem perfis biodegradáveis, além de promoverem esfoliação suave e eficaz, limpando profundamente a pele, restaurando naturalmente o brilho e removendo a camada de células mortas da pele sem causar microfissuras. Além disso, as linhas não transferem cor para o produto final, característica que muitas vezes é comum em algumas formulações.

As esferas esfoliantes da Cirebelle estão divididas em três linhas de produtos: CireWax, CireWax Spheres e CireWax Softspheres. Conheça um pouco mais sobre cada uma delas:

  • CireWAX: Ceras com diferentes pontos de fusão que fornecem estabilidade de emulsão, efeito sensorial e atuam como agentes espessantes e modificadores de reologia. O produto é biodegradável, hipoalergênico e apresenta propriedades hidratantes.
  • CireWax Spheres: Esferas padronizadas em formato livre de arestas, atóxicas, com perfil biodegradável e que promovem renovação celular com diferentes tamanhos e cores.
  • CireWax Softspheres: Esferas de cera auto hidratantes, tecnologicamente avançadas, que conferem hidratação para a pele com facilidade. As esferas da linha CireWax Softspheres possuem o encapsular ativo em seu interior, conferindo benefícios ao entrarem em contato com pele.

Adicionalmente, a quantiQ oferece aos seus clientes serviços, desenvolvimento e testes de formulações em laboratórios, armazenagem e manuseio de produtos químicos.

Quer saber mais informações? Entre em contato com personalcare@gtmchemicals.com

 

    

                               Mônica Batistela                                                          Agda Martins

Texto escrito pelas colaboradoras Mônica Batistela, Gerente de Desenvolvimento & Marketing Técnico de Lifescience e Agda Martins, Técnico de Personal Care da quantiQ.